Corpo: Hard Cedro – peso de moderado a pesado, e sonoridade bem próxima ao mogno;

Braço: maple ou marfim – excelente estabilidade;

Escala: rosewood – pigmentação natural escura, ótima resistência e estabilidade.

Flame: Cat Eyes ou Sapelle Pomelle. Instrumento banhado com verniz fosco.

Obs.: Este instrumento pode ser fabricado em outras cores e acabamentos, e com 2 ou 3 captadores.

Essa guitarra possui alguns entalhes diferenciados na parte traseira do corpo, próximo ao tróculo, tornando o encaixe da mão mais confortável para a execução de solos ao fim da escala.

Possui na escala um moderado abaulamento permitindo que os bends soem com maior perfeição, sem trastejamentos mesmo com uma ação baixa de cordas. Seus trastes são Jumbo , da Gotoh. A marcação da escala é em madre pérola com abalone.

O braço é integralizado ao corpo (colado) o qual proporciona, além de maior comodidade ao tocar, melhor sustentação das notas.

O headstock possui entalhes personalizados e é reforçado para oferecer maior resistência a impactos. Também folheado com o flame do corpo.

Toda a construção deste instrumento é ergonomicamente planejada para que o instrumentista não encontre nenhuma dificuldade de execução de ritmos e solos.

Diversos modelos de captadores podem ser utilizados nesta guitarra em detrimento do estilo a ser alcançado. O modelo da foto possui um Custom 5 na posição ponte, um Alnico II Pró na posição braço, ambos da Seymour Duncan. No centro, um From Hell, da Di Marzio. Esta configuração de captação proporciona um excelente ataque e um bom timbre limpo.

Parte Elétrica: Esta parte elétrica é totalmente diferenciada. Possui apenas um controle máster de volume, e três controles de tom individuais, duas chaves de comutação de captadores sendo uma de três posições (igual uma tradicional de Les Paul), e uma de cinco posições (igual a uma de Strato). Os potenciômetros são dotados de pushpull os quais transformam individualmente as ligações dos captadores de “serie” para “paralelo” proporcionando muito mais brilho e definição. Um dos pushpull habilita e desabilita as chaves de comutação de cinco para três posições, sucessivamente. Desta forma é possível operar com esta guitarra como uma Les Paul tradicional, como uma Telecaster, como uma Strato ou como uma guitarra de três humbuckers, semelhante a uma Jackson, Ibanez, ou Kramer.

Como os captadores, o hardware também pode ser escolhido de acordo com a necessidade. O modelo da foto possui uma ponte Tune’O Matic da marca Gotoh, e as tarraxas são da marca Wilkinson.
Em minha opinião, esta guitarra se destina a músicos que gostam de tocar com um modelo Les Paul, porém não querem ter as limitações que o modelo original oferece. Esse modelo nessa configuração atua de forma excelente do blues ao hard rock. O preço varia de acordo com os acessórios utilizados, e a forma de pagamento. O valor esta entre R$ 3.500,00 a R$ 4.900,00