Nova turma de Luthiaria na oficina do ipiranga

E aí Galera?! Estamos abrindo as ultimas turmas do ano do curso de luthiaria aqui no ateliê do bairro do ipiranga.

Os interessados devem reservar vaga no email luighi@edmarluighi.com.br diretamente comigo. Pouquíssimas vagas.

O curso será 1 aula semanal de 90 minutos – às Terça feiras às 20 horas – aproximadamente 10 aulas a 12 aulas

inicio dia 12 de agosto – Valor de 03 parcelas de 200,00 (Total de R$ 600,00) Cartão visa ou master / ou 6 parcelas de 110,00 (Total de  R$ 660,00) Cartão visa ou master

Reserva antecipada por email – Nome, email, telefone. 

Inclui apostila – 

 

CURSO BÁSICO DE AVALIAÇÃO E AJUSTES EM GUITARRAS CONTRABAIXO E VIOLÕES

Aulas para compreensão tecnica e noções para manutenção e reparos básicos essenciais.

OBJETIVO – Apresentar de forma objetiva a funcionalidade dos instrumentos, suas principais características, seus possíveis problemas e as devidas soluções, assim como os cuidados de manutenção básica para seu pleno funcionamento.

O curso Abrange também reparos elétricos emergenciais, (parte teórica) substituição de captadores, potenciômetros, e jacks, procedimentos para melhor avaliar um instrumento, novo ou usado no momento de uma compra ou para verificação da necessidade de regulagens ou reparos mais especializados.

PÚBLICO ALVO – Instrumentistas em geral, “roadies”, lojistas ou outros tipos de profissionais que queiram aprofundar-se no funcionamento e manutenção básica de guitarras, contrabaixos e violões.

 

PROGRAMAÇÃO

  • Funcionalidade do instrumento.
  • Como funciona de forma geral
  • Como atua os captadores, pontes, trêmolos, e tarraxas.
  • Qual a função e como atua o tensor
  • Como funciona a interação captador x madeira
  • Até que ponto os acessórios melhoram a funcionalidade do instrumento.

 

CONTRABAIXOS DE 4, 5, 6 CORDAS

  • Diferenças e cuidados específicos
  • Fretless

 

VIOLÃO CORDAS DE NYLON E AÇO

  • Diferenças e cuidados específicos
  • Violões sem tensores ajustáveis – como tratá-los?

GUITARRAS

  • Diferentes modelos e empregos
  • Afinações alternativas – Prejudiciais ou não?

 

PROCEDIMENTOS BÁSICOS E PERIODICOS DE CONSERVAÇÃO

  • Limpeza e polimento dos trastes
  • Limpeza e hidratação da escala
  • Limpeza e lubrificação do hardware
  • Limpeza e enceramento do corpo e braço do instrumento
  • Limpeza da parte elétrica
  • Colocação e conservação das cordas

 

TOCABILIDADE

  • Gosto pessoal (Até onde o instrumento pode satisfazer o gosto do músico através de ajustes e regulagens);
  • Limitações do instrumento (O que pode ser feito em termos de customização, para melhorar e ampliar suas características iniciais);
  • Tipos e tensões de corda (Quais as vantagens de cada tensão de encordoamento, e quais as desvantagens que podem gerar no instrumento);
  • Relação altura de cordas x “pegada”.

 

REGULAGENS E AJUSTES SIMPLES ESSENCIAIS

  • Ajustes na parte elétrica (Redução de maus contatos e ruídos nos componentes elétricos);
  • Ajustes no tensor (Correções na concavidade e convexidade do braço, a fim de melhor adequá-lo a tensão de cordas e variações climáticas);
  • Correções e ajustes em pontes e trêmolos.
  • Pontes fixas
  • Ajustes de oitavas (Verificação e regulagem da afinação por todo o braço do instrumento)
  • Pequenas correções de ação de cordas (Quando as mesmas se encontram com discrepância de altura entre si em função de troca de tensão, ou marca do encordoamento, ou variação climática);

 

REGULAGENS E AJUSTES SIMPLES ESSENCIAIS – Pontes tremolo dormente – strato

  • Ajustes de oitavas (Verificação e regulagem da afinação por todo o braço do instrumento)
  • Pequenas correções de ação de cordas (Quando as mesmas se encontram com discrepância de altura entre si em função de troca de tensão, ou marca do encordoamento, ou variação climática);
  • Ajustes de tensão de molas (Correções e adequações de tensão das molas versus tensão das cordas)

 

REGULAGENS E AJUSTES SIMPLES ESSENCIAIS – tremolos floyd rose

  • Ajustes de oitavas (Verificação e regulagem da afinação por todo o braço do instrumento);
  •  Pequenas correções de ação de cordas (Quando as mesmas se encontram com discrepância de altura entre si em função de troca de tensão, ou marca do encordoamento, ou variação climática);
  • Ajustes de tensão de molas (Correções e adequações de tensão das molas versus tensão das cordas)
  • Procedimentos para correção do equilíbrio do trêmolo (Dicas e truques, para manter ou corrigir equilíbrio do trêmolo após a troca de encordoamentos, ou variações pelo uso freqüente, ou ainda, por oscilações climáticas);
  • Funcionamento e manutenções preventivas (Conhecimento sobre a forma de atuação do trêmolo, assim como cuidados periódicos, para obtenção de melhores resultados com relação à desafinação)

 

PROCEDIMENTOS PARA AVALIAÇÃO DO INSTRUMENTO

  • Procedimentos para melhor avaliar um instrumento, novo ou usado, no momento de uma compra, ou para verificação da necessidade de regulagens ou reparos especializados.
  • Verificações sobre o estado do braço (Verificação do estado do braço, e da escala, apenas utilizando-se da visão, para determinar se há algum tipo de deformidade, como torções ou empenamentos, assim como analisar o aspecto dos trastes para ter uma idéia do tempo de vida que lhe resta, ou da necessidade de possíveis retificas);
  • Verificação elétrica (Testes básicos para prognosticar o estado dos potenciômetros, chaves e captadores);
  •  Verificação do hardware (Avaliação do estado do cromo, assim como funcionamento do mecanismo de tarraxas, sadles, parafusos, e roscas);
  • Verificação da pintura e do aspecto geral do instrumento (Análises superficiais do aspecto geral do instrumento, como riscos, batidas, rachaduras, frisos, manchas, fungos, a fim de determinar os procedimentos que possivelmente serão tomados);

DICAS

  • Tipos de captadores e esquemas de instalação
  • Push Pull e outros incrementos elétricos
  • Emprego básico do Multi-Teste
  • Visualização de todos os procedimentos de uma regulagem completa incluindo Fretwork (retifica de trastes).

Abraço Galera!!!

 

Faça o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>